Teoría X – Teoría Y de McGregor

Por Robert Anderson

Douglas McGregor desenvolveu em “O lado humano das organizações” (1960) as seguintes teorias referente ao estilo de comando dos diretivos:

Teoria X

1. O ser humano ordinário sente uma repugnância intrínseca para o trabalho e o evitará sempre que puder.

2. Devido a esta tendência humana ao retirar o trabalho à maioria das pessoas tem que ser obrigadas a trabalhar a força, controladas, dirigidas e ameaçadas com castigos para que desenvolvam o esforço adequado para realização dos objetivos da organização.

3. O ser humano comum prefere que o dirijam, quer esquivar das responsabilidades, tem relativamente pouca ambição e deseja mais nada que sua segurança.

Teoria Y

1. O desenvolvimento do esforço físico e mental no trabalho é tão natural como o jogo ou o descanso. Ao ser humano comum não lhe irrita essencialmente trabalhar.

2. O controle externo e a ameaça de castigo não são os únicos meios de canalizar o esforço humano para os objetivos da organização, o homem deve se dirigir e se controlar em serviço dos objetivos, cuja realização se compromete.

3. Compromete-se à realização dos objetivos da empresa pelas compensações associadas com seu lucro.

4. O ser humano ordinário se habitua a buscar responsabilidades. A falta de ambição e a insistência na segurança são, geralmente, conseqüências da mesma experiência e não características essencialmente humanas.

5. A capacidade de desenvolver em grau relativamente alto a imaginação, o engenho e a capacidade criadora para resolver os problemas da organização, é característica de grandes setores da população.

6. Nas condições atuais da vida industrial as potencialidades intelectuais do ser humano estão sendo utilizadas só em parte.

Que teoria é mais acertada?

Mesmo que a Teoria X, está ainda estendida por muitos diretivos, se considera uma forma de pensar obsoleta.

Mcgregor propõe a adoção da Teoria Y para aumentar a motivação dos empregados.

Donald Morton (“Applying theory Y to library management”) sugere que a Teoria Y é efetiva com trabalhadores com certos níveis de conhecimentos que os levam além dos dois primeiros níveis da Hierarquia de Maslow, e que a Teoria X é freqüentemente mais efetiva com o pessoal que realiza trabalhos manuais ou rotineiros.

Tradução – www.suamente.com.br – Aprenda mais sobre sua mente!

Fonte: http://www.gueb.org/motivacion/Teoria-X-Teoria-Y-McGregor

Arquivado em Motivação

Leia outros artigos relacionados

Deixe um comentario