Switch Auditivo

Por Ricardo Ros

Todos ouvimos falar do switch visual, uma técnica clássica dentro da PNL. Menos conhecido é o switch auditivo e dele que vamos falar agora.

O switch visual consiste em interrelacionar uma imagem associada negativa com uma imagem dissociada que produza respostas positivas no individuo. Orienta-se a pessoa que ponha mais brilho a imagem do conflito e que trate de sentir o máximo possível a sensação desagradável. Uma vez que consiga essa sensação, pedimos para que se abra uma pequena janela em um dos ângulos e que projete essa janela à outra imagem dissociada que lhe produz uma sensação positiva e que, uma vez que a tenha projetado na tela, aumente rapidamente até ocupar toda a tela e, por tanto, tampe a outra imagem negativa. O ideal é que se repita esta operação umas cinco vezes, abrindo os olhos com intervalos entre uma e outra, para evitar que realize uma operação de duplo sentido. Se o fizer bem, a intensidade da sensação negativa irá diminuindo até desaparecer. É fundamental que a primeira imagem seja associada à segunda dissociada.

O switch Auditivo se utiliza quando a pessoa tem uma sensação negativa que é disparada por uma mensagem auditiva interna. Trata-se de relacionar uma mensagem auditiva associada com outras mensagens dissociadas. Vejamos um exemplo:

A pessoa sente angustia quando interiormente se diz a frase “não vou enjoar com a maré, estou bem”. As submodalidades auditivas que estão codificando a sensação podem ser, por exemplo, o tom e a velocidade. Se a pessoa diz que ouve essa mensagem com um tom agudo e rápido, por exemplo, se pedimos a ela que olhe interiormente a mensagem “tal como lhe venha à cabeça” e que depois voluntariamente lhe ponha um tom grave e lento, eu lhes peço que utilizem vozes familiares de personagens de TV.

“Quero que escute essa frase duas vezes, a primeira com o tom que lhe vir à cabeça e a segunda com a voz de um Urso Yogui muito lento”. O ideal é que repita a operação umas cinco vezes, com intervalos entre uma e outra. Os tons começarão a misturar-se e no final ficará codificado um intermédio sem nenhuma significação emocional. É preciso estar atento em buscar as submodalidades contrarias as que esta codificando como negativas.

Traduzido pela Equipe Sua Mente.com.br

Titulo Original: http://www.pnlnet.com/chasq/a/6

Arquivado em Técnicas de PNL

Leia outros artigos relacionados

Deixe um comentario