Respire

Segundo a Medicina Oriental, temos vários pontos no nosso corpo que correspondem a algum órgão interno. Podemos encontrar esses pontos nas mãos, nós pés, nas orelhas, enfim, em vários lugares do nosso organismo.

Abaixo você terá alguns exercícios que poderá realizar a qualquer hora e em qualquer lugar em que você estiver.
Este é o seu momento. Relaxe e concentre-se para um melhor aproveitamento das suas atividades.

1) Estimule seu cérebro ( ouça )

Segundo a Medicina Oriental, a orelha representa um feto de cabeça para baixo. O lóbulo da orelha possui um ponto que corresponde ao cérebro. Então, comece a massagear a ponta da sua orelha, sutil e constantemente. Isso proporcionará um estímulo e uma distensão do seu cérebro. Você prestará maior atenção no que está acontecendo com você e ao seu redor.

2) Vamos despertar… ( ouça )
Coloque seu dedo indicador entre o nariz e a boca. Comece a friccionar esse ponto para estimular sua aprendizagem e se despertar, se você estiver cansado. Faça esse movimento até sentir-se mais alerta.
3) Exercite sua concentração ( ouça )
Este é um exercício de Ioga. Procure respirar lenta e profundamente. Repita este exercício 10 vezes. Para fazê-lo é simples: reserve 4 segundos para cada ação, uma de cada vez, mas uma em seguida da outra, exercitando-se até atingir a meta ideal de 8 segundos. O exercício está dividido em 4 ações:
– Inspire por 4 segundos;
– Segure a respiração por 4 segundos;
– Expire por 4 segundos e
– Pare de respirar(apnéia), por 4 segundos.

4) Ative sua inteligência e bom humor ( ouça )
Todos nós temos dois ossos (ísquios) na região glútea. Nesses ossos estão localizados os pontos que ativam a alegria, a inteligência e o bom humor. Portanto, para ativá-los, sente-se numa posição ereta, na ponta da cadeira, até sentir que está sentando numa parte dura e balance o quadril de um lado para o outro, várias vezes, alternando o peso do lado esquerdo e do lado direito dos glúteos, sentindo que está massageando os pontos em que estão localizados esses dois ossos.

5) Descubra se está tenso ( ouça )
Coloque uma bolinha de tênis embaixo do braço (na axila). Procure abaixar seu braço lentamente, até sentir em que ponto há dor. Alterne o exercício entre os braços. Além de notar a diferença entre os ombros, você sentirá qual dos lados está tenso.

6) Trabalhando a tensão ( ouça )

Coloque a bolinha de tênis entre as suas costas e uma parede. Inicie massageando os pontos em que identificou dor (no exercício 6) e passe a massagear o ombro e toda a região próxima, para aliviar, lentamente, a tensão.

7) Continue trabalhando a tensão ( ouça )
Pegue a bolinha de tênis e coloque-a embaixo do pé. Você pode fazer o exercício com ou sem meias. Vá pressionando a bolinha, fazendo-a ir para frente e para trás. Quando identificar algum ponto dolorido, concentre os exercícios nesse ponto por aproximadamente 1 minuto. Alterne os exercícios entre os dois pés. Faça quantas vezes achar melhor, até sentir que a dor está sumindo.

Fonte: www.leilanavarro.com.br

Arquivado em PNL

Leia outros artigos relacionados

Deixe um comentario