Facilitar a comunicação

Os Visuais se mantêm mais retos, para observar de forma um pouco panorâmica. Já os Auditivos torcem a cabeça e se aproximam um pouco para ouvir melhor. Os Cinestésicos tentam sentir o ambiente para acomodar-se nele. Um Visual, lhe olha nos olhos quando fala. E se requerer muito esforço para você, olha outro ponto, só um, mas reformula brevemente o que foi dito, desta vez cravando os olhos nos seus. Um Auditivo, não basta aprovando com a cabeça já que isto não demonstra que o estamos escutando.

Cada vez que seja possível, é conveniente perguntar ou observar utilizando as mesmas palavras que ele. Em geral, os Auditivos escolhem mais cuidadosamente as palavras que usam; reconhecem alguém que lhes escuta ao feito que são capazes das memorizar e as repetir. Com um Cinestésico, se a situação de cara a cara resulta em um mal-estar, é possível olhar os dois a outra parte e colocar-se um ao lado do outro. Se quiserem, ou necessitam, melhorar sua comunicação com alguém, tentem discernir suas “manias” de comunicação e se chegarem a sintonizar com elas, a se comportar de uma forma simétrica, observarão que a comunicação é mais relaxada, mais fluída, mais fácil. Nem tudo é contido, entre as pessoas a forma pode importar até mais.

Tradução: Sua Mente.com.br

Referência: http://www.wikilearning.com/monografia/programacion_neurolinguistica_pnl-facilitar_la_comunicacion/11640-8

Arquivado em PNL

Leia outros artigos relacionados

Comentarios Fechados.