Comunicação eficaz

Agora que chega a globalização e os vai e vem da economia, as empresas têm a necessidade de fazer com que seus empregados sigam se sentindo seguros nas companhias. O conceito básico para isto é a comunicação interna. Ante as mudanças organizativas que requer toda globalização as empresas transformam em um ponto definitivo o conceito de comunicação, com o qual os empregados obtêm respostas as suas inquietações a respeito da companhia.

As empresas devem utilizar esta arma estratégica, baseada nos seguintes aspectos:

1. - O Presidente líder em comunicação

O fator mais importante é a liderança do presidente, que deve se basear no comportamento e na filosofia. A alta direção deve considerar a comunicação, uma ferramenta básica para tramitar a empresa, o diretor sempre deve estar disposto aos empregados e responder todo tipo de perguntas, mesmo que sejam difíceis e conflitivas, logicamente isto muito bem valorizado pelas pessoas que escutam, muito mais que fazer um bom papel ante os meios de comunicação.

2. - Atuações coerentes

Muitas vezes, as comunicações formais e o que os diretores transmitem não são coerentes, ou seja, não é o mesmo transmitir a mensagem de “compra” ou “venda” de uma empresa, quando na verdade é uma “fusão”.

Os empregados sempre conhecem as notícias através de seus superiores, não das comunicações formais, se os canais de comunicação formal e informal não são coerentes, a comunicação resulta em uma perda de tempo.

3. - Comunicação ascendente

Por si só as empresas sempre cuidaram da comunicação de níveis hierárquicos superiores a inferiores, mesmo que cada vez, existe mais o compromisso de uma comunicação em dois sentidos, como um instrumento de participação.

Ainda falta muito para que seja igual e eficaz em ambos os sentidos. Um dos instrumentos mais utilizados para a comunicação ascendente são as pesquisas de opinião, mas para ser útil deve ter mecanismos de “feedback”. Acontece que muitas vezes este tipo de pesquisa serve como mecanismo de mal-estar e se os empregados não têm nenhum outro instrumento de comunicação com seus chefes, os resultados podem ser difíceis de interpretar.

4. - Comunicação direta.

É preciso fazer ênfase na comunicação direta com os empregados, é básico o contato direto com os empregados, já que com esta relação damos confiança, sobretudo em conflitos e grandes mudanças. Nestes contatos se podem utilizar as entrevistas individuais, intervenções em programas formativos e as reuniões nas quais o presidente expõe uma apresentação ante os empregados; esta última apresenta a dificuldade de que os assistentes por falta de confiança nos altos diretores, digam amém a tudo e não gerem suas dúvidas e perguntas ao presidente.

5. - Todos por um

A comunicação deve se assumir tanto pelos empregados como pelos seus superiores, existe o problema freqüente em que as mensagens do presidente são deformadas pelos comandantes intermediários. Os altos diretores têm que se preocupar em dar uma visão global da comunicação, já que, se os comandantes intermediários não sabem interpretar as mensagens, seja por falta de atenção, apoio, formação, ou negligência, os planos de comunicação não levam a nenhum lugar. Para evitar isto é preciso se apoiar em planos de formação, treinamento, avaliação, etc., este é o único meio em que a comunicação arraiga na organização.

6. - Comunicação veraz

Todo o pessoal da organização deve se responsabilizar para que a comunicação flua e seja crível, os empregados não querem ouvir rumores de seus companheiros, exigem uma comunicação veraz de seus lideres, estes devem fazer fluir a informação que manejam, inclusive quando as coisas vão mal, se estas se transmitem claramente se cria um ambiente em que toda a informação retorna mais crível.

7. – Instrumentos

Sempre é preciso cuidar da maneira de como se emite e se recebe o fluxo dos canais de comunicação, sejam em casa ou no trabalho, por meio de e-mail, gráficos, boletins informativos, vídeos, etc. Hoje em dia se esta estendendo uma maneira de comunicação rápida e simples por ambas as partes, as intranets, com isto entramos no B2E (business to employee)

Mas na verdade, para uma comunicação eficaz, o importante é a gestão e que a comunicação seja contínua, não o instrumento utilizado.

Tradução – www.suamente.com.br – Aprenda mais sobre sua mente!

Fonte: http://www.arearh.com/rrhh/com_eficaz.htm

Arquivado em Comunicação

Leia outros artigos relacionados

5 Respostas para “este artigo”

  1. Comunicação eficaz…

    O artigo fala da comunicação dentro das empresas, explica o que uma pessoa, como por exemplo, líderes devem fazer para se comunicar com eficácia!…

  2. Comunicação eficaz…

    O artigo fala da comunicao dentro das empresas, explica o que uma pessoa, como por exemplo,
    lderes devem fazer para se comunicar com eficcia!…


  3. domelhor.net
    02set

    Comunicao eficaz…

    O artigo fala da comunicao dentro das empresas, explica o que uma pessoa, como por exemplo,
    lderes devem fazer para se comunicar com eficcia!…

  4. Comunicação eficaz…

    O artigo fala da comunicação dentro das empresas, explica o que uma pessoa, como por exemplo, líderes devem fazer para se comunicar com eficácia!…


  5. FixolaS
    02set

    Comunicação eficaz…

    O artigo fala da comunicação dentro das empresas, explica o que uma pessoa, como por exemplo, líderes devem fazer para se comunicar com eficácia!…

Deixe um comentario