Razão x Emoção

Vamos falar do duelo entre a razão e a emoção. Seja na vida sentimental ou profissional lá está ela: a razão em combate com a emoção.

A emoção é algo que nos faz agir por impulso, pensando exclusivamente no bem estar, na alegria momentânea. Esta mesma emoção nos faz chorar, sorrir, enfim, é o sentimento que aflora sem que sejamos racionais.

Por outro lado temos a razão. Agir com a razão é pensar no amanhã, nas conseqüências de uma decisão. A razão nos coloca um freio e diz:”É melhor arriscar com cautela e medir as conseqüências dos seus atos”.

E você? É razão ou emoção? Quantas vezes você viveu este conflito no trabalho ou na vida pessoal? Quantas vezes você já perdeu o sono tendo que escolher entre esses dois sentimentos?

A vida é feita de escolhas e em cada uma delas sempre há este duelo entre razão e emoção, consciência e coração, e você muitas vezes precisa abrir mão de um deles. As escolhas não são nada fáceis. Muitas vezes adiamos esta decisão por medo de sofrer ou se arrepender.

Imagine a cena. Você recebe proposta para trabalhar em uma grande empresa e seguir a carreira dos seus sonhos, porém você está empregado e possui um cargo público há dez anos. Você sabe que a nova empreitada será acompanhada de muitos riscos, mas seu coração bate mais forte a cada vez que você pensa nesta nova oportunidade. “Esta é a emoção falando mais alto”

Voltando para a mesma cena, você para e pensa na sua estabilidade de 10 anos no mesmo emprego e sendo concursado a decisão pesa mais ainda. Ai você pensa que pode não dar certo e você pode ficar desempregado e não conseguir quitar seus compromissos financeiros. “Neste momento você optou pela razão”

Independente da escolha a ser feita, saiba que somente você poderá decidir. Então me diga: Razão ou Emoção?